Tecnologia do Blogger.

| Review | Quando as Estrelas Caem de Amie Kaufman e Megan Spooner

É uma noite igual às outras a bordo da Ícaro, os passageiros divertem-se. Tarver convida Lilac para ver as estrelas. Então, a catástrofe abate-se sobre a enorme nave de luxo: de súbito é puxada para fora do hiperespaço e despenha-se no planeta mais próximo. Lilac Laroux e Tarver Merendsen sobrevivem. E estão sozinhos. Lilac é filha do homem mais rico do universo. Tarver é de origens humildes, um jovem herói de guerra que aprendeu há muito tempo que as jovens como Lilac só dão grandes problemas. Mas sozinhos têm de confiar um no outro e trabalhar juntos, encetando uma jornada tortuosa pelo misterioso e lúgubre planeta para procurar ajuda. Enquanto lutam para salvar as vidas no meio do enigmático planeta começam a descobrir que, apesar das diferenças, as estrelas começam a iluminar os seus corações com a luz do amor
Quando as Estrelas Caem de Amie Kaufman e Megan Spooner foi uma releitura, uma prenda de um natal passado que quis voltar a reviver. Com uma capa - original - belíssima que é incapaz de não chamar a atenção do leitor mais teimoso e fazendo parte de uma trilogia - que quero imenso terminar - Quando as Estrelas Caem é o primeiro volume de uma história que tem tudo para ser épica. Uma  autêntica odisseia no espaço. 

TAG | Unpopular Opinions


A TAG Unpopular Opinions não é estranha no mundo literário. Já realizada por outros blogs ou até mesmo em vídeos no booktube, a TAG vai focar-se nas séries mais populares e naquelas que conquistaram mais corações. Foi criado pelo The Book Archer no Youtube e é uma TAG diferente, mais conflituosa (risos). Espero que gostem e, se tiverem alguma TAG que gostariam que respondesse, deixem nos comentários abaixo! 

| Review | Falar Verdade a Mentir de Almeida Garret

Comédia escrita por Almeida Garrett em 1845 e publicada em 1846, oferece como ambiente a cidade de Lisboa em pleno século XIX, onde se digladiam os interesses de duas famílias burguesas e seus criados. Num jogo entre amores e ambições, onde a mentira tropeça na verdade, o refinado sentido de humor do reconhecido autor português abre caminho à reflexão crítica sobre a sociedade da época.  Peça teatral muito divertida, é constituída apenas por um ato, formado por dezassete cenas, e a sua temática reveste-se de uma enorme atualidade.
Falar Verdade a Mentir é uma comédia escrita pelo conhecido autor, Almeida Garret durante o século IXX. O livro está escrito sob a forma de uma peça de teatro sendo, por isso, uma história de leitura rápida - o facto de ser um livro pequeno também ajuda. Almeida Garret dá-nos uma história onde as falsas verdades acabam, de certa forma, por ser as protagonistas. As mentiras elaboradas e as verdades embelezadas ganham destaque, pois o centro da história é à volta de Duarte Guedes, um mentirosos compulsivo.