| Cinema | Correr ou Morrer (2014) | As Provas de Fogo (2015) | Cura Mortal (2018)

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018


Pela primeira vez, queria não ter lido os livros antes de ver os filmes. A cada nova estreia, a história de James Dashner era uma das mais esperadas do ano. A recepção dos filmes sempre foram positivas, especialmente por aqueles que não leram os livros, que não tinham um conhecimento maior dos acontecimentos passados e futuros, pois esses não tinham questões e aceitavam o que estavam a ver com agrado. A visão de qualquer um dos filmes por uma leitora e um não-leitor é completamente diferente e posso dizer - por experiência própria mais frustrante.

Imagem - Maze Runner: Correr ou Morrer 
As minhas primeiras opiniões dos dois primeiros filmes não foram opiniões positivas, pelo contrário. Mas, muito desse sentimento baseava-se na discrepância entre filme-livro. Não era uma emoção justificada pela qualidade do material, apenas pela falta de semelhança com os volumes que me obriguei a ler. Por isso, para a Cura Mortal, decidi rever os filmes anteriores: Correr ou Morrer e As Provas de Fogo e perceber se o meu desgosto com os filmes era ou não justificado. 
"Wicked is Good"
Não era. Correr ou Morrer e As Provas de Fogo são bons filmes. O Labirinto, no primeiro, e A Terra Queimada, no segundo, ganham vida e cor no filme e são tão parte do elenco como os personagens. A forma como o mundo é explorado, por outro lado, foi mais simples e conciso do que no livro, o que é aceitável, tendo em conta que estamos a falar de três volumes com mais de 300 páginas, espremidos em 1h30 de filme. Esta simplicidade e ausência de questões maiores foi o que provavelmente mais me afectou durante a primeira vez que vi ambos os filmes.

Imagem - Maze Runner: As Provas de Fogo
O primeiro filme é uma adaptação decente. As interpretações são muito boas e a maioria dos actores conseguiu captar a essência do personagem que estava a representar. É um filme cheio de acção e visualmente apelativo e o mesmo aconteceu com o segundo filme onde as relações são enraizadas e a familiaridade dos actores com os personagens é visível pela facilidade com que passam para o espectador o à vontade e a amizade que os une. 
"Hope is a dangerous thing"
Porém, o segundo filme é, certamente, uma das piores adaptações que já vi. As Provas de Fogo foi um filme difícil de ver "para lá do livro" mas, ainda assim, penso que consegui. A forma como decidiram explorar a doença que contaminou o mundo foi uma escolha decente. Esta mudança de pensamento surpreendeu-me porque foi uma das coisas que abominei a primeira vez que vi o filme. 

Imagem - Maze Runner: A Cura Mortal 
Todas as mudanças que aconteceram com o primeiro e segundo filme, criaram o tom para A Cura Mortal. Fui para o filme sabendo que ia ver algo diferente daquilo que tinha lido, apesar de estar entusiasmada para ver um ou dois acontecimentos que sabia que só podiam existir para que todo o arco da historia fizesse o mínimo de sentido e fiquei surpreendida por gostar - bastante. 
"I did what I thought was right"
É diferente - o oposto - do livro. Não há grandes semelhanças e isso começa pelo próprio ambiente. Mas a forma como tudo avança e os actores forçam a sua liderança na história é maravilhosa. O que qualquer leitor quer ver no filme, vê. Os momentos chaves existem, embora em locais e situações completamente diferentes - mas estão lá. Dylan O'Brien (Thomas), Thomas Brodie-Sangster (Newt), Ki Kong Lee (Minho) e Kaya Scodelario (Teresa) têm interpretações extraordinárias e a última metade do filme é repleta de momentos chocantes e emotivos pelos quais esperava desde o momento em que vi o primeiro filme. 
O culminar da história é bem executado. O meu conselho para os leitores é que vão sem qualquer expectativa de encontrarem aquilo que leram. Qualquer um dos três filmes mantém a história de James Dashner a um nível muito celular mas a evolução e o transformar da história e dos personagens é aceitável. 

WOOK | BookDepository | Goodreads



Já viram os filme? O que acharam? Digam nos comentários em baixo!

Postar um comentário

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!

Latest Instagrams

© Delirious Beautiful Mind. Design by FCD.