CAMP NANOWRIMO

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Propriedade: Pinterest
Este ano, em Julho, resolvi participar no camp nanowrimo, naquela que pode ser considerada - ou não - uma versão mais leve do nanowrimo que acontece em novembro. A nanowrimo é um nome mais curto para national novel writting month e acontece todos os anos e tem o objectivo de fazer com que os participantes consigam escrever 50.000 palavras em apenas um mês. 


As maiores diferenças entre a nanowrimo e o camp nanowrimo é, sem dúvida, os objectivos, que podem - ou não - ser mais suaves. No meu caso, reduzi o objectivo do nanowrimo para as 40.000 palavras em um mês. Para além disso, somos - se for essa a nossa vontade - sorteados de acordo com as nossas características para uma tenda com outros 19 escritores amadores para, no fundo, termos - e darmos - apoio moral para aquele que parece, no inicio do mês, uma tarefa impossível. Para os mais competitivos há vários prémios, principalmente porque o desafio é patrocinado por várias empresas. No fundo, acaba por ser uma boa forma de obrigar os mais preguiçosos a sair da sua concha e a fazê-los escrever, seja por um ou por outro motivo. 
reduzi o objectivo do nanowrimo para as 40000 palavras em 1 mês
Foi a primeira vez que o fiz e no início pareceu-me impossível. Por entre o trabalho e outros afazeres, 40000 palavras pareceu-me um exagero. Estranhamente - ou não - mantive esse objectivo mas admito que foi ligeiramente stressante pensar que tinha de atingir todos os dias o objectivo diário de palavras, caso contrário ficava para trás. Para mim isso não iria funcionar devido aos meus horários por isso, resolvi ao invés de limitar-me a conquistar o objectivo diário, tinha de o ultrapassar, e ultrapassar bem para compensar os dias que sabia que não ia escrever.


Para o camp nanowrimo tirei uma história velha - mas querida - do armário e tentei melhorá-la. Mantive o foco durante a maior parte do mês mas, à medida que as palavras iam chegando e a história evoluindo apercebi-me - o que veio como uma surpresa - que não a queria escrever. O positivo de ter passado um mês a escrever uma história que foi perdendo o interesse para mim - pelo menos por agora - foi perceber precisamente aquilo que queria escrever.
apercebi-me que não a queria escrever
Foi uma completa surpresa e será algo ao qual me vou dedicar mais arduamente até ao final do ano, onde espero, poder fazer um update. Apesar de tudo, atingi as 40000 palavras no dia 19 de Julho de 2018, após alguns dias sem atualizar o gráfico das contagens diárias e após validar o número de palavras no site do camp nanowrimo, tornei-me uma das vencedoras, com direito a um diploma e tudo! (risos)


O camp nanowrimo é uma experiência diferente de todas aquelas que já participei - de escrita - e foi sem dúvida, uma das minhas preferidas! O meu e-mail está agora cheio de mensagens de apoio e de palavras de encorajamento e conselhos de outros autores e eu estou cheia de novas ideias e de novos conhecimentos por causa disso. Uma das melhores coisas que retirei por ser uma vencedora do campnanowrimo e que nunca veria caso não fosse consultar a lista de sites patrocinados é, sem dúvida, o Dabble. Aconselho todos aqueles que queiram escrever histórias a consultar o site (não é uma parceria, simplesmente adorei o site, a ideia e a sua facilidade) pois pode mudar a forma como o criam o vosso mundo! Especialmente para aqueles que escrevem fantasia!

Alguém já participou? Adoraria saber a vossa história! Digam nos comentários abaixo!

Postar um comentário

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!

Latest Instagrams

© Delirious Beautiful Mind. Design by FCD.