Tecnologia do Blogger.

Os Bons e Mal Comportados dos Livros | Blogmas #13


A lista dos meninos bons (nice) e mal (naugthy) comportados durante o ano faz parte da vida de muitos pais durante a época natalícia. Aquela ameaça de ficar fora da lista dos meninos bons do Pai Natal deve ser, certamente, capaz de assustar e colocar nos eixos qualquer criança. Estranhamente, ao crescer, os meus pais nunca me atiraram com a ameaça da lista, tão popular nos filmes ou nas séries de televisão. Portanto, cresci livre da possibilidade de não vir a ter presentes na noite de 24 de Dezembro. Foi uma infância realmente abençoada. (risos). 
Mas, como é que isso se traduz nos livros? Há realmente uma TAG com o mesmo nome, mas não é o que pretendo fazer. Hoje, para o #blogmas, pretendo analisar as minhas leituras de 2018, até agora, e selecionar 3 livros que foram muito bem comportados e 3 livros que ficaram fora dos bem comportados por serem insuportáveis, decepcionantes ou problemáticos! 

#BONS COMPORTADOS 


Dentro dos Bons Comportados temos livros dedicados ao paranormal, à ficção científica e  ao contemporâneo. Todos, dentro dos seus próprios moldes, surpreenderam, pela positiva. Opposition, de Jennifer L. Armentrout foi, sem dúvida, a minha conclusão preferida do ano e, a história de Daemon e Katy vai deixar imensas saudades. Uma história que, a meu ver, já devia ter sido traduzida neste nosso país e que há uns anos, quando houve o BOOM do paranormal, perdeu uma possibilidade fantástica. Por outro lado, Destinos Divididos de Veronica Roth  para além da sua capa belíssima e uma da minhas preferidas do ano, tem uma escrita e uma história fabulosa! Conquistou pela sua intrincada história de amor e guerra política. Já o Mil Vezes Adeus de John Green, tocou um ponto sensível em mim e, apesar de ter uma história de fundo pouco interessante ou até mesmo irrelevante, a protagonista agarrou-se a mim como uma pulga da qual não me consegui livrar. As semelhanças eram algumas e as frases do autor, capazes de tocar no mais fundo da nossa alma, tornaram o seu último livro, um dos meus essenciais. 

#MAL COMPORTADOS


Nos Mal Comportados vamos ter livros que, em resumo, me decepcionaram de alguma forma. E aqui vamos ter um livro histórico, re-imaginado, uma distopia com elementos fantásticos e um contemporâneo. Nenhum deles é necessariamente uma má história, pelo contrário. Destemida de Lesley Livingston era, por exemplo,  um livro do qual esperava muito mais e que decepcionou. As minhas expectativas estavam na estratosfera para esta história sobre o poder feminino mas ficou aquém com elementos previsíveis e uma protagonista demasiado fácil ao nível da sua construção. Já Espada de Vidro de Victoria Aveyard é uma história completamente diferente porque achei, sinceramente, que podia ter sido uma boa história, não fosse o facto de os acontecimentos estarem em toda a parte e de haver um sentimento desconexo em relação à protagonista. Claro que, a tradução com palavras brasileiras não ajudou ao ritmo da leitura. Por último Agora e Para Sempre de Lara Jean de Jenny Han  não tinha necessariamente uma razão para existir. O excesso do mesmo tema e o colocar de parte outros importantes, levou a leitura a arrastar-se e os elementos previsíveis tornaram a história aborrecida, não sendo uma das melhores formas de acabar o arco de Lara Jean Covey.

Portanto, aqui fica a minha lista dos Bons e dos Mal Comportados livros do ano de 2018. Ainda faltam uns dias para o novo ano chegar mas, sem dúvida que foi um ano maravilhoso ao nível das leituras com poucas decepções literárias - e as que existiram possuíam sempre algum elemento bom que atenuava a frustração (risos). Mas e vocês, foram bons ou mais comportados durante o ano? 


E vocês? O que acharam da lista? Quais foram os vossos livros mal comportados?
Digam nos comentários!

6 comentários

  1. Adorei a ideia!
    www.bookaholickingdom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não li nenhum dos livros da lista. Há sempre livros que nos cativam e outros que nos desapontam (ás vezes pelas expectativas criadas). Só me lembro de um livro que tive muita vontade de desistir dele (acabei por ler na diagonal), li imensas opiniões positivas, mas não gostei nada (falo do "Não Sou Esse Tipo de Miúda). Também já me aconteceu com 2 ou 3 não estar a entrar na história e mais tarde peguei neles e adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, às vezes há livros que temos de ler nos momentos certos!
      muitos beijinhos!

      Excluir
  3. Eu adorei mil vezes adeus e ainda nao consegui de ler “Agora e para sempre” esta tao mais do mesmo que fiquei encravada :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Achei que a conclusão do P.S. Ainda te Amo era suficiente!
      muitos beijinhos!

      Excluir

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!