| Review | Excertos e Extras Cassandra Clare

terça-feira, 9 de abril de 2019

Foto com Parceria da Joana Nunes da Panemic Books
O universo dos Caçadores de Sombras, criado pela maravilhosa autora Cassandra Clare é vasto, dividindo-se neste momento em nove volumes de puro entretenimento. No entanto, para além dos livros físicos que contam uma história concreta, há muito mais. Para os mais distraídos, no site da autora (podem ver aqui), há uma quantidade absurda de excertos e de extras que não ocuparam o seu lugar nos livros físicos aquando a sua publicação e, é sobre eles, que vou falar hoje.
Alguns são extras que colocam um sorriso no rosto e que de algum forma, apesar da sua simplicidade, tornam os personagens mais reais (A story told in postcards - between City of Fallen Angels and Lost Souls). São extras capazes de dar mais sobre o personagem sobre o seu passado e que aumentam o poder do laço que os une a outros. (Burning Bright: Jem's meeting with Tessa from his viewpoint (Clockwork Angel)) (On the Bridge: Will and Jesm before Clockwork Angel). Outros, são excertos que mostram, pela primeira vez, a vulnerabilidade de personagens que parecem invencíveis (Deleted scene from City of Lost Souls: Magnus and Alec) (Jace's PoV Manor Scene)(The Act of Falling: Jace's perspective on the alleyway kiss in City of Fallen Angels)
Os excertos e extra debruçam-se principalmente sobre os livros-jóias da autora: Os Instrumentos Mortais e As Origens e, tal como os originais, são capazes de criar um sentimento de nostalgia enorme e um regresso a uma época que nos é querida (A letter Will wrote to his parents, unsent and unfinished) e, por outro lado, dão-nos uma perspectiva nova sobre acontecimentos que já conhecemos na forma de outros pontos de vista (POV) (An offering of Moonlight: Jem's Perspective on Fierce Midnight in Clockwork Prince: First Kiss).
Não esperava que um extra pudesse reavivar tantas emoções. É estranho como um simples texto pode reavivar tantas memórias. Alguns deles são textos realmente bons e que dão tanta informação sobre o personagem e o seu percurso que é uma pena não terem pertencido ao livro final (Because It Is Bitter: The scee that takes place in City of Ashes, in the Chapter The Seelie Court, here from Jace's point of view) (Becoming Sebastian: An Outtake from City of Glass) (Kissed: Magnus and Alec's First Kiss).
Por outro lado, há excertos ou extras que realmente fizeram parte da história, que sabemos que existiram mas que nunca tivemos oportunidade de os ler, apenas de especular e que agora vivem à luz do dia. (Jace's Letter) Do mesmo modo, também é possível de conhecer histórias mais completas e até diferentes daquelas que acabaram no livro. Histórias editadas mas que, ainda assim, dão mais informação do que aquela que acabou no produto final. (Jocelyn's Story)
É compreensível o porquê da retirada de alguns dos excertos. Eles para além de oferecerem um maior conhecimento dos acontecimentos que rodeiam alguns dos livros e dos personagens (sobretudo do modo de agir), também caem no erro de oferecer spoilers que são importantes factores e propulsores da acção no futuro (A Question of Power: Alec and Camille talk (excerpt from City of Lost Souls) (Of Loss: Will's perspective on the events of Clockwork Angel) (Why Will Hates Ducks: A Clockwork Angel Extra).
Ainda assim, achei interessante e penso que vale realmente a pena conhecer alguns dos extras, sobretudo se já leram a maior parte dos livros da autora. Há uma sensação de conhecimento que vem com a sua leitura, como se, de algum modo, conseguíssemos ver mais da profundidade dos personagens. Não demora muito tempo e é algo que acho que todo e qualquer adepto da histórias da autora, vai gostar.

Queres conhecer a minha opinião sobre os livros da autora? Carrega na imagem abaixo! 

Postar um comentário

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!