O Meu Hotel no México: Voltava?

segunda-feira, 22 de julho de 2019


Para mim, o mais difícil de toda a experiência a envolver a decisão da lua-de-mel foi, sem dúvida, a escolha do hotel. Porquê? Porque essa escolha significava que era definitivo, que ia mesmo passar 10H dentro de um avião, duas vezes - e, para quem ainda não sabe, apesar de já ter feito algumas viagens, morro de morte de andar de avião! A nossa agente de viagens - um amor de menina - enviou-nos vários (não querendo dizer muitos) orçamentos de hotéis e das suas possibilidades e descobri pesquisando e falando com pessoas que também já lá tinham estado (na Riviera Maya) que os hotéis mais conhecidos ou mais visitados pelo povo português eram da Iberostar ou Bahia Princípe e, não quis, desde o início ir para algo já tão “batido” entre nós. 
Foram-nos enviados vários orçamentos, vários hotéis e apaixonamo-nos - via fotografia - por um deles. O nome é Grand Palladium Colonial Resort & Spa e foi uma das decisões de que nunca me vou arrepender. Tal como prevíamos, não encontrámos nenhuns portugueses, nem durante as actividades onde os países de origens vinham à baila. No entanto, embora tenhamos adorado completamente e seja um hotel relativamente calmo, não é o mais indicado para pessoas que procuram o silêncio e a paz interior, pois há sempre música, actividades e crianças, uma vez que se trata de um hotel familiar.

#1 Segurança, Saúde e Simpatia 

Uma coisa que para mim era fundamental era a segurança. O hotel, enorme na sua extensão, com MUITA floresta natural a delimitar os quartos e respectivos pontos de encontro (restaurantes, piscinas, praia etc) não me fez sentir, em nenhum momento, de noite ou de dia, sozinha ou acompanhada, insegura. Todo o STAFF, incluindo os seguranças, eram apenas sorrisos e acediam a todos os nossos pedidos, por mais espalhafatosos que fossem. O nosso quarto, tinha muitos pontos abertos ou de fácil acesso e nunca tivemos qualquer tipo de problema - a não ser com osgas - ou sequer receámos pela nossa segurança e, pelo ambiente e falatório dos outros hóspedes acredito que sentiram o mesmo. Já o STAFF, ao contrário dos nossos vizinhos, até compreendiam o nosso português e, para nossa surpresa, havia quem falasse o chamado "portinhol" mas, na maior parte dos casos, entendiam-nos perfeitamente em inglês. Preocupei-me seriamente com a parte da saúde e fiquei aliviada, embora tenha viajado com dois seguros diferentes de saúde, por saber que havia um médico residente no hotel, disponível 24H. Felizmente não foi necessário, mas a sua existência proporcionou-me algum alívio.

#2 Os Quartos 

Nós queríamos sentir-nos confortáveis no México. Era um país estranho, a primeira viagem dos dois para fora da Europa e, sendo a lua-de-mel, não queria por menos de 200€ não experimentar um dos quartos deluxe. Ficámos, tal como devíamos,  na Romance Villa Suite e não nos arrependemos, por nada! Ficámos o mais perto da praia e da piscina principal que era possível, assim como de um pequeno snack bar que estava aberto 24H/dia, no caso de a fome apertar a meio da noite. Tínhamos serviço de quartos gratuito, mini-bar também gratuito (que era reposto todos os dias), limpeza constante e, para o máximo conforto, ar-condicionado, wi-fi, televisão com canais nossos conhecidos, uma rede no exterior onde podíamos descansar depois de um óptimo almoço, e uma casa-de-banho do tamanho de um pequeno quarto, com lavatório duplo, banheira de hidromassagens e um chuveiro exterior que ele adorou.

#3 Actividades

Aborrecimento não era a palavra da casa. Todos os dias, de hora a hora, havia actividades diferentes consoante o dia que eram um complemento à experiência do hotel. Tinham o Spa, a experiência Zentropia na qual podiam relaxar e esquecer o mundo e claro, experiências que nada se relacionavam com relaxamento e onde podiam libertar a vossa energia: Voleibol, Marco Polo, Aulas de Merengue e Salsa, Aulas de Bartender, Aeróbica (piscina), Futebol Aquático, Bingo, Festa da Espuma (onde foi tirada a foto acima), Festa Branca, Jogos de Casino, Yoga, Pilates, Guerra de Balões de Água e à noite, às 21H, todos os dias - à excepção do domingo - havia um espectáculo temático apresentado pelos muito bons dançarinos do hotel e que era uma óptima forma de terminar o dia. Na praia, havia as clássicas actividades náuticas com os catamarãs, as canoas, os paddles, equipamento de snorkling ou de mergulho disponíveis (alguns consoante pagamento) para proporcionar uma experiência memorável para todos os gostos.

#4 Piscina, Praia, Restaurantes

Por oito dias, a nossa rotina não mudou muito. A constância de actividades foi um alívio pois as nossas decisões mais importantes eram determinar o que comer e beber durante as refeições. Todo o hotel era lindíssimo com uma igreja aberta, um lago, rotas de passeio para explorar a fauna - vimos capivaras! - e flora. Havia restaurantes para, literalmente, todos os gostos e dedicado a todas as comidas - embora alguns requisitassem reserva no dia anterior. A maioria era buffets com uma enorme variedade de alimentação e as panquecas ao pequeno-almoço e os crepes ao jantar eram divinais. Havia snack bars ao longo do hotel aberto 24H, a música ao vivo era constante, a praia - à excepção do sargaço dos primeiros quatro dias, - era belíssima, com um areal macio, com redes e cadeiras em toda a sua extensão e a piscina era uma enormidade com um bar no seu interior, dois jacuzis e duas dezenas de cadeiras que facilitavam a transformação num torresmo. Para as crianças - e alguns adultos - a piscina infantil tinha uma dezena de escorregas aquáticos, muito à semelhança de um pequeno Aquashow.

Infelizmente, ficou muita coisa por fazer e outras tantas por experimentar. Foi uma experiência que adorava poder repetir e só posso desejar que todas as próximas experiências de viagens (hotéis) sejam tão espectaculares como o da nossa lua-de-mel. Foi uma escolha da qual não me arrependo, muito pelo contrário. Nós voltávamos amanhã se nos deixassem.

E vocês? O que acharam do hotel? Alguém já foi ao México? Ficaram onde? Digam nos comentários em baixo!

2 comentários

  1. Achei incrivel o hotel, nunca fui ao méxico mas quem sabe um dia :)

    Beijinhos :*

    omundodapequeninaaa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!